Muito melhor saber se o projeto vai funcionar ou não ANTES de ter que passar pelo trabalho todo de desenvolvê-lo por completo, certo?

Este é um processo desenvolvido  pela Google Ventures, um braço do Google focado em testar e acelerar ideias que ainda estão em estágio inicial de desenvolvimento.

A principal vantagem desse processo de 5 dias em relação a tantas outras metodologias que existem por aí é que ele pega um atalho bastante vantajoso:

Ao invés de esperar para lançar um MVP (Minimum Viable Product) para descobrir se a ideia é boa ou não, processo esse que pode tomar vários meses, o Design Sprint foca especificamente na validação da ideia com usuários e encurta o processo para 40 horas de trabalho.

Segunda-feira, compreender

No primeiro dia da Design Sprint, seu time vai exteriorizar tudo o que eles sabem sobre a ideia/projeto.

Terça-feira, Divergir

As pessoas vão trabalhar individualmente colocando as soluções para aquele problema/ideia no papel.

Quarta-Feira, Decisão

Na quarta-feira, vocês já terão pelo menos uma dúzia de ideias para escolherem.

Quinta-feira, Prototipar

Quinta-feira é o dia de prototipar. Nesta fase, toda sua equipe precisa ser ridiculamente engajada e produtiva.

Sexta-feira, Testar

Sexta-feira é dia de mostrar os protótipos para os potenciais usuários do produto, em sessões individuais.

Gostou do que viu? Fale conosco!

Este e muitos outros processos de trabalho podem ser utilizados em sua empresa implementando a “Cultura da Inovação“. O potencial de mudança, a melhoria de performance, a solução de problemas pode estar há algumas salas de você.

Ninguém entende mais seu negócio do que as pessoas que se dedicam a ele todos os dias.